Opinião de Elkin Muñoz Naranjo, aluno do Mestrado em Educação patrocinado pela FUNIBER

Opinião de Elkin Muñoz Naranjo, aluno do Mestrado em Educação patrocinado pela FUNIBER

Opiniões dos alunos

Elkin Muñoz Naranjo, aluno do Mestrado em Educação, bolsista pela FUNIBER, fala sobre a sua experiência estudando a distância

Elkin, natural da Colômbia, é Graduado em Educação básica com ênfase em educação artística pela Universidad del Atlántico. Também tem o Mestrado em Educação com Especialidade em Educação Superior, patrocinado pela FUNIBER, pela Universidad Internacional Iberoamericana (UNINI).

Atualmente, é Docente de Educação Artística na Escola Normal Superior Pedro Justo Berrio, em Santa Rosa de Osos (Colômbia).

Conversamos com o estudante da Colômbia para conhecer a sua experiência estudando a distância:

Por que você decidiu cursar o Mestrado em Educação patrocinado pela FUNIBER?

A impossibilidade de me deslocar até uma universidade de forma física por causa da área em que trabalho, levou-me a optar pela formação on-line; e a FUNIBER foi uma boa opção e séria.

O que você mais gostou do Mestrado? O que destacaria?

Destaco o acompanhamento próximo de seus funcionários e docentes. Eu gostei muito da forma imediata em que respondiam às minhas dúvidas e que me trouxe uma comunicação tão fluída e próxima, apesar de ser virtual.

Qual a sua opinião sobre os professores do Mestrado? E do programa de estudos?

Tive apenas uma docente que não respondeu às minhas expectativas e que realmente não percebi muito compromisso com o seu trabalho, realmente a experiência não foi muito positiva com ela. Os outros docentes foram muito comprometidos e muito coerentes em seus discursos. Chamou a minha atenção pela proximidade em seus comunicados frente a dúvida ou sugestões, era como se nos conhecêssemos há anos, eu gostei muito disso.

Como Graduado em Educação Básica, o que o Mestrado em Educação patrocinado pela FUNIBER trouxe para a sua formação?

Meu discurso diante da classe cresceu favoravelmente, o que resultou na qualidade de meu ato pedagógico e, por fim, foi muito positivo para os meus alunos. Por outro lado, o meu olhar para a minha profissão mudou significativamente; já que o mestrado me levou a refletir sobre muitos aspectos da minha vida profissional e para planejar alguns elementos da minha atividade pedagógica que eu considerava claros e que logo notei que não estavam bem construídos.

Como Docente em Educação Artística na Escola Normal Superior Pedro Justo Mujo, como está aplicando os conhecimentos aprendidos em seu dia a dia profissional?

Trabalhar em uma instituição formadora de docentes exige um compromisso muito maior do docente que acompanhar processos em uma escola de ensino médio convencional. A proximidade constante com os processos de pesquisa ao redor das pratica pedagógicas foram um desafio, que me permitiu fazer contribuições significativas e muito rápidas do treinamento que recebi no mestrado.

O que você diria às pessoas que estão planejando estudar a distância com a FUNIBER?

Em primeiro lugar que se forem optar por este estilo de aprendizagem que tenham consciência de que a formação on-line é complexa e exige um compromisso maior do que formação presencial e, em segundo lugar, que se preparem para dar o melhor de si mesmos, porque não é um processo fácil, é complexo e de muita exigência.

Links relacionados:

| , , , , , , , , , , , , , ,

Opinião de Miguel dos Santos e Silva, aluno do Mestrado Internacional em Auditoria e Gestão Empresarial patrocinado pela FUNIBER

Opinião de Miguel dos Santos e Silva, aluno do Mestrado Internacional em Auditoria e Gestão Empresarial patrocinado pela FUNIBER

Opiniões dos alunos

Miguel dos Santos e Silva, aluno bolsista pela FUNIBER do Mestrado Internacional de Auditoria e Gestão Empresarial, fala sobre como tem sido a sua experiência fazendo um Mestrado a distância

Miguel dos Santos e Silva, natural de Luanda (Angola), é Graduado em Gestão e Contabilidade pela Universidade Privada de Angola. Também tem a Especialização em Contabilidade e Auditoria pela Universidade Privada de Angola e concluiu o curso de Economia do Trabalho no Centro de Estudos Laborais de Luanda.

Também, possui o Mestrado Internacional de Auditoria e Gestão Empresarial, patrocinado pela FUNIBER com titulação pela Universidad Europea del Atlántico (UNEATLANTICO).

Durante sua carreira profissional, realizou vários cursos em Contabilidade Pública e Finanças, Auditoria de Formação e Financeira, em Lisboa (Portugal) e em São Paulo (Brasil).

Conversamos acerca da experiência do aluno sobre o estudo realizado com o Mestrado a distância e como ele aplica os conhecimentos aprendidos em seu campo profissional.

Por que você decidiu cursar o Mestrado Internacional em Auditoria e Gestão Empresarial patrocinado pela FUNIBER?

A decisão para cursar o Mestrado, patrocinada pela FUNIBER, foi pela objetividade da informação contida no site, ali está disponível a apresentação do conteúdo programático, amplo e atualizado, assim como as Universidades com convênio e o quadro de colaboração assinado com a FUNIBER.

O que você mais gostou do Mestrado? O que destacaria?

O que eu mais gostei ao longo do curso foi a disponibilidade dos professores, a eficiência e eficácia, a dedicação e empenho demonstrado. Destacaria a pedagogia, os métodos e os meios utilizados por toda a equipe da FUNIBER em apoio aos meus estudos.

Qual a sua opinião sobre os professores do Mestrado? E do programa de estudos?

Na minha opinião os professores são excelentes. O conteúdo programático de estudos é amplo e atualizado e direcionado para a especialização.

Como está aplicando os conhecimentos aprendidos em seu dia a dia profissional?

Estou aplicando os conhecimentos adquiridos com o Mestrado, em minha atividade profissional, com êxito e de forma integrada.

O que diria às pessoas que estão planejando estudar a distância com a FUNIBER?

Aconselharia ter disponibilidade, muita disciplina pessoal, pois se trata de um programa de estudo exigente, para cada disciplina há de 15 a 30 dias.

Links relacionados:

| , , , , , , , , , , , ,

Opinião de Magalí Villafañe, aluna do Mestrado em Desenho, Gestão e Direção de Projetos de Cooperação Internacional patrocinado pela FUNIBER

Opinião de Magalí Villafañe, aluna do Mestrado em Desenho, Gestão e Direção de Projetos de Cooperação Internacional patrocinado pela FUNIBER

Opiniões dos alunos

Magalí Villafañe, aluna da Argentina, bolsista pela FUNIBER do Mestrado em Desenho, Gestão e Direção de Projetos de Cooperação Internacional, fala sobre a sua experiência estudando a distância por meio da FUNIBER

Magalí, natural de Salta (Argentina), é Graduada em Relações Internacionais pela Universidade Empresarial Século 21 (Argentina). Também é formada em Cooperação Internacional em Desenvolvimento pelo Centro Internacional de Estudos Interdisciplinares (Peru).

Além disso, tem o Mestrado em Desenho, Gestão e Direção de Projetos de Cooperação Internacional, patrocinado pela FUNIBER, com titulação pela Universidad Internacional Iberoamericana (UNINI).

Atualmente, trabalha como Assistente de Direção de Programas e Projetos da Organização de Estados Iberoamericanos (OEI), na República Dominicana; também colabora com a Fundação Abriendo Camino, em seus programas sabatinos e na formulação de projetos.

Conversamos com Magalí para que explique como foi a sua experiência estudando a distância e com tem aplicado os conhecimentos aprendidos em seu dia a dia profissional:

Por que você decidiu cursar o Mestrado em Desenho, Gestão e Direção de Projetos de Cooperação Internacional patrocinado pela FUNIBER?

Quando terminei a graduação, decidi fazer um ano de estágio no exterior. Quando cheguei à República Dominicana para realizar o estágio em uma ONG, percebi a necessidade de aprender a formular projetos de vários tipos, pois tive que trabalhar com um, logo no começo do estágio. Então, decidi me formar mais nesta área, entre as opções mais viáveis, estava o Mestrado por meio da FUNIBER, da qual fui bolsista, facilitando as minhas possibilidades de realização.

Durante a carreira, vi algumas matérias relacionadas com o mestrado em que um dos meus focos de interesse estava relacionado com projetos de cooperação internacional. Assim ao ter a possibilidade de realizar o meu estágio em dois lugares diferentes, mas ambos na direção de projetos, notei de que necessitava das ferramentas específicas na área para melhor me desenvolver e com maior confiança.

O que você mais gostou do Mestrado? O que destacaria?

Por ser um Mestrado na modalidade a distância, que representa um maior desafio, pois cada um o leva a seu tempo, mas tratando de cumprir com os requisitos. O que mais destaco é a interação com pessoas de diferentes países no momento de trabalhar na fase de projeto. Isto me permitiu conhecer o trabalho de cada uma delas e a forma em que aplicavam os conhecimentos que foram sendo adquiridos durante o curso. O trabalho em equipe permitiu-me reconhecer diferentes questões sobre um mesmo tema e as diferentes metodologias que são aplicadas em outros países latino-americanos.

Qual a sua opinião sobre os professores do Mestrado? E do programa de estudos?

Considero que foram ótimos; sempre que apareceu alguma dúvida, eles deram respostas favoráveis facilitando o entendimento das disciplinas cursadas. Com relação ao programa de estudo, entendo que as disciplinas foram suficientes, embora considere que algumas delas devam ser atualizadas.

Como Graduada em Relações Internacionais, em que o Mestrado em Desenho, Gestão e Direção de Projetos de Cooperação Internacional, patrocinado pela FUNIBER, trouxe para você? 

O Mestrado permitiu que eu me centrasse em uma das tantas questões trazidas durante a Graduação. A cooperação internacional é algo que atrativo, de modo que hoje me permite atuar com mais facilidade, dando apoio na direção de projetos, o desenho e o acompanhamento dos mesmos.

Como Assistente de Projetos na Organização de Estados Iberoamericanos (OEI), como está aplicando os conhecimentos aprendidos em seu dia a dia profissional?

Ao trabalhar diretamente na área de projetos, aprendi muito e, ao mesmo tempo, foi mais fácil colaborar na preparação dos mesmos, como no acompanhamento destes aplicando as diferentes abordagens e metodologias aprendidas, enquadrados nas diretrizes do organismo iberoamericano.

O que você diria às pessoas que estão planejando estudar a distância pela FUNIBER?

Considero que é uma grande possibilidade estudar a distância, pois permite a administração do tempo de estudo com maior flexibilidade de acordo com a situação de cada um. Entretanto, também, acredito que representa um grande desafio porque depende da vontade de cada um avançar nas matérias e aprender de cada uma delas.

Links relacionados:

| , , , , , , , , , , , ,