Opiniões FUNIBER: José Liberato González, aluno salvadorenho: “FUNIBER ofereceu-me uma oportunidade de superação profissional”

Opiniões FUNIBER: José Liberato González, aluno salvadorenho: “FUNIBER ofereceu-me uma oportunidade de superação profissional”

Opiniões dos alunos, Opinioes Funiber

José Liberato González Díaz é um aluno salvadorenho, bolsista pela FUNIBER que cursou o Mestrado em Direção Estratégica em Engenharia de Software com dupla titulação pela Universidad Internacional Iberoamericana de México (UNINI México) e pela Universidad Europea del Atlántico (UNEATLANTICO). Para José, estudar a distância foi uma excelente oportunidade de superação profissional com total flexibilidade e sem ter que sair de casa.

Como soube da FUNIBER e da atividade da fundação?

A primeira vez que ouvi sobre a FUNIBER foi por meio de uma colega de trabalho. A partir daí, procurei informação e entrei no site da Fundação: www.funiber.org.

O que fez com que você optasse pela FUNIBER?

O tipo de Mestrado que oferecem, já que me parecia uma abordagem assertiva para a realização de projetos de desenvolvimento e de gestão de software, e também com formação em gestão empresarial.

Como foi sua experiência com a fundação? Sentiu-se apoiado em seus estudos?

A experiência foi excelente. O pessoal da FUNIBER coordena bem e isso facilita seguir as evoluções dos estudantes. Eu, pessoalmente, senti-me muito apoiado, e só posso agradecer a FUNIBER e ao pessoal docente toda sua ajuda e o por ter podido ter acesso ao programa de bolsas da Fundação, que me facilitou grandemente poder aproveitar esta oportunidade.

Como foi a experiência de estudar a distância? Quais vantagens e desvantagens têm este sistema? Foi difícil poder finalizar seus estudos?

Foi uma experiência muito boa, me permitiu aproveitar uma oportunidade de superação profissional. Poder me organizar e trabalhar em meu tempo livre é um esforço e exige disciplina, mas é uma excelente oportunidade para melhorar, aprender e desenvolver novas habilidades e, em meu caso, permitiu-me conhecer um pessoal docente de alto nível e também trabalhar com estudantes de todo o mundo.

Fiquei muito satisfeito pela grande vantagem de poder cursar a formação no conforto do meu lar, podendo trabalhar em meu tempo livre. Minha principal desvantagem vinha quando tinha alguma dúvida e não me podiam solucionar isso de imediato, embora sempre me ajudaram de maneira diligente, assim que viam o e-mail. Outra dificuldade foi quando tinha menos tempo livre devido ao meu trabalho como engenheiro de software, no que dependendo do projeto posso ter dias longos e exaustivos.

A formação que cursou e seu corpo docente atende às suas expectativas?

Sim, definitivamente atenderam às minhas expectativas, tanto a formação como o pessoal docente, tanto em termos de conteúdo como o desenvolvimento das matérias.

O que você destacaria de sua experiência cursando os estudos patrocinados pela FUNIBER?

Foi uma oportunidade de superação pessoal e profissional a partir do conforto do meu lar, e isso não tem preço. Além disso, melhorei habilidades de análise e de pesquisa, reforcei e melhorei conhecimentos, aprendi a organizar melhor o tempo, a ser mais proativo e desenvolvi o hábito da leitura.

Você conseguiu aplicar os conhecimentos adquiridos com a formação patrocinada pela FUNIBER?

Sim, estou colocando em prática, já que em meu trabalho me atribuem projetos como engenheiro de software, e a parte estratégica e de liderança é tão importante como a puramente técnica.

Espera que a formação pela FUNIBER abra novos horizontes profissionais? Quais?

Sim, uma formação como esta é um valor diferencial no mundo da engenharia e as tecnologias, e me capacita para crescer profissionalmente e optar por postos de diretor de projetos, ou inclusive para realizar minhas próprias iniciativas.

Recomendaria o ensino dos programas patrocinados pela FUNIBER a algum amigo ou familiar?

Sim, claro, acredito que é uma excelente oportunidade para se superar e poder alcançar os sonhos.

| , , , , , , , , , , ,

Mauricio Alberto Paz é um estudante salvadorenho que estudou o Mestrado em Recursos Humanos e Gestão do Conhecimento em um programa de dupla graduação da Universidade Internacional Iberoamericana e da Universidad Europea del Atlántico (UNEATLÁNTICO). Para Mauricio, foi muito importante poder aplicar na sua vida profissional o que aprendia todos os dias no mestrado, de modo que ele valorizava a flexibilidade e podia estudar no seu tempo livre. Como você conheceu a FUNIBER e a atividade da fundação? No lugar onde eu trabalho, fomos informados sobre uma aliança da FUNIBER com bolsas de estudo e que era de boa educação, nos apresentaram os diferentes mestrados e a metodologia. Parecia muito interessante e me deu muita confiança. O que fez você optar pela FUNIBER? A acessibilidade em relação aos horários, por ser on-line, além disso, a metodologia era nova para mim e isso chamou minha atenção. Eu gosto de fazer coisas novas, gosto de aprender cada dia mais e foi uma oportunidade clara para continuar crescendo e melhorando todos os dias. Como foi sua experiência com a fundação? Você se sentiu apoiado e recebeu suporte em seus estudos? Foi excelente, estou esperando o feedback do avanço, também auxiliam caso seja necessário apoio, uma plataforma amigável, com bastante informação, grade curricular organizada. Além disso, o apoio que me deram foi muito bom, sempre atentos e especialmente que a carga burocrática é pouca, e foi fácil entrar e obter mais informações. Como foi a experiência de estudar a distância? Quais são as vantagens e desvantagens deste sistema? Foi difícil terminar seus estudos? A experiência foi muito boa, diferente e inovadora, também pude aprender a ser mais disciplinado. Estudar a distância me permite gerenciar horários flexíveis, sempre com um grande esforço para ser constante com os materiais, mas sem a necessidade de uma aula presencial. A formação que cursou e os professores atenderam às suas expectativas? Claro, você aprende todos os dias, especialmente quando realiza uma experiência profissional ao mesmo tempo e pode refletir sobre o que está fazendo. Os vídeos, guias, discussões e aulas são relevantes em todos os sentidos. Além disso, pode-se ver o nível no qual o material foi preparado. O que você destacaria sobre a sua experiência cursando os estudos patrocinados pela FUNIBER? A flexibilidade e acessibilidade, uma vez que permitiu que eu pudesse estudar um mestrado sem precisar estar em uma sala de aula com horários, mas sendo mais disciplinado, cumprindo metas de trabalho, tarefas e exercícios. Você tem conseguido aplicar os conhecimentos adquiridos com a formação patrocinada pela FUNIBER? Sim, é interessante poder levar lado a lado a experiência e a teoria e, de fato, é de maior ajuda quando você está trabalhando em uma área na qual você pode aplicar tudo o que é adquirido. Qual era o propósito inicial do seu projeto final de Mestrado? No início, era poder organizar o processo em uma empresa em que os processos são rápidos e variáveis, ajudando a melhorar os recursos humanos, a qualidade de vida, sendo estes melhor contratados. O que você descobriu sobre os processos de seleção de pessoas e dos recursos humanos? Que as pequenas empresas não o fazem porque o dia a dia não lhes permite fazê-lo, já que pensam na operabilidade e o recurso é necessário em muito pouco tempo. De qualquer forma, é sempre importante aguardar o necessário para incorporar a um novo recurso. Os processos de seleção são longos, às vezes, mas necessários para cuidar da empresa e das pessoas que são incorporadas. Você espera que a formação obtida pela FUNIBER abra novos horizontes profissionais? Quais? Sim, espero crescer profissionalmente, melhorar as posições e o perfil, bem como o assessoramento interno e externo sobre a gestão do conhecimento e dos recursos humanos. Você recomendaria um amigo ou membro da família estudar na FUNIBER? Eu já comecei a recomendá-lo, alguns amigos já estão estudando porque é muito funcional. Totalmente recomendado.

Opinião de Mauricio Paz, aluno salvadorenho bolsista pela FUNIBER: “Destaco a flexibilidade e, ao mesmo tempo, sua disciplina”

Opiniões dos alunos, Opinioes Funiber

Mauricio Alberto Paz é um estudante salvadorenho que estudou o Mestrado em Recursos Humanos e Gestão do Conhecimento em um programa de dupla graduação da Universidade Internacional Iberoamericana e da Universidad Europea del Atlántico (UNEATLÁNTICO). Para Mauricio, foi muito importante poder aplicar na sua vida profissional o que aprendia todos os dias no mestrado, de modo que ele valorizava a flexibilidade e podia estudar no seu tempo livre.

Como você conheceu a FUNIBER e a atividade da fundação?

No lugar onde eu trabalho, fomos informados sobre uma aliança da FUNIBER com bolsas de estudo e que era de boa educação, nos apresentaram os diferentes mestrados e a metodologia. Parecia muito interessante e me deu muita confiança.

O que fez você optar pela FUNIBER?

A acessibilidade em relação aos horários, por ser on-line, além disso, a metodologia era nova para mim e isso chamou minha atenção. Eu gosto de fazer coisas novas, gosto de aprender cada dia mais e foi uma oportunidade clara para continuar crescendo e melhorando todos os dias.

Como foi sua experiência com a fundação? Você se sentiu apoiado e recebeu suporte em seus estudos?

Foi excelente, estou esperando o feedback do avanço, também auxiliam caso seja necessário apoio, uma plataforma amigável, com bastante informação, grade curricular organizada. Além disso, o apoio que me deram foi muito bom, sempre atentos e especialmente que a carga burocrática é pouca, e foi fácil entrar e obter mais informações.

Como foi a experiência de estudar a distância? Quais são as vantagens e desvantagens deste sistema? Foi difícil terminar seus estudos?

A experiência foi muito boa, diferente e inovadora, também pude aprender a ser mais disciplinado. Estudar a distância me permite gerenciar horários flexíveis, sempre com um grande esforço para ser constante com os materiais, mas sem a necessidade de uma aula presencial.

A formação que cursou e os professores atenderam às suas expectativas?

Claro, você aprende todos os dias, especialmente quando realiza uma experiência profissional ao mesmo tempo e pode refletir sobre o que está fazendo. Os vídeos, guias, discussões e aulas são relevantes em todos os sentidos. Além disso, pode-se ver o nível no qual o material foi preparado.

O que você destacaria sobre a sua experiência cursando os estudos patrocinados pela FUNIBER?

A flexibilidade e acessibilidade, uma vez que permitiu que eu pudesse estudar um mestrado sem precisar estar em uma sala de aula com horários, mas sendo mais disciplinado, cumprindo metas de trabalho, tarefas e exercícios.

Você tem conseguido aplicar os conhecimentos adquiridos com a formação patrocinada pela FUNIBER?

Sim, é interessante poder levar lado a lado a experiência e a teoria e, de fato, é de maior ajuda quando você está trabalhando em uma área na qual você pode aplicar tudo o que é adquirido.

Qual era o propósito inicial do seu projeto final de Mestrado?

No início, era poder organizar o processo em uma empresa em que os processos são rápidos e variáveis, ajudando a melhorar os recursos humanos, a qualidade de vida, sendo estes melhor contratados.

O que você descobriu sobre os processos de seleção de pessoas e dos recursos humanos?

Que as pequenas empresas não o fazem porque o dia a dia não lhes permite fazê-lo, já que pensam na operabilidade e o recurso é necessário em muito pouco tempo. De qualquer forma, é sempre importante aguardar o necessário para incorporar a um novo recurso. Os processos de seleção são longos, às vezes, mas necessários para cuidar da empresa e das pessoas que são incorporadas.

Você espera que a formação obtida pela FUNIBER abra novos horizontes profissionais? Quais?

Sim, espero crescer profissionalmente, melhorar as posições e o perfil, bem como o assessoramento interno e externo sobre a gestão do conhecimento e dos recursos humanos.

Você recomendaria um amigo ou membro da família estudar na FUNIBER?

Eu já comecei a recomendá-lo, alguns amigos já estão estudando porque é muito funcional. Totalmente recomendado.

| , , , , , , , , , , , ,

Solidariedade

Solidariedade nos dias atuais

Funi-concursos, Notícias, Opinioes Funiber, Publicaçao Solidaria 4

Agora que as festas de Natal já passaram, época solidária do ano por excelência, e que a grande final do IV Concurso Publicação Solidária da Fundação Universitária Iberoamericana está chegando ao seu clímax, é um bom momento para analisar a importância da solidariedade no mundo atual.

Objetivos e ações concretos

A solidariedade é um conceito amplo que abrange todos os tipos de ações realizadas sem esperar nada em troca, buscando um bem comum, estando geralmente associada a causas inspiradoras, mas intangíveis, ou pelo menos pouco quantificáveis. Precisamente, para estabelecer objetivos mais concretos e facilitar o trabalho conjunto de todos os países, a Organização das Nações Unidas (ONU) elaborou, em 2016, o Relatório dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

O relatório estabelece 17 objetivos a serem cumpridos em diversas áreas da solidariedade até 2030. Esses objetivos variam desde erradicar a fome no mundo, garantir uma educação de qualidade e a igualdade de gênero até alcançar a paz no mundo, preservar a vida submarina ou limpar o ambiente e frear a mudança climática.

A ONU também estabelece várias pequenas ações que podem ser realizadas em nosso dia a dia para nos aproximarmos dos objetivos que devem ser cumpridos na próxima década.

O ambiente e as mudanças climáticas

Se existem elementos que, nas primeiras décadas do século XXI, irromperam como as grandes causas da solidariedade nos dias de hoje são a mudança climática e o desenvolvimento sustentável. Em um mundo cada vez mais poluído, com mais ecossistemas ameaçados, espécies animais em risco de extinção e cada vez mais estudos alertando sobre a deterioração do planeta, pouco a pouco os Estados e as grandes empresas partem para a ação. Um exemplo disso são os Acordos de Paris aprovados em 2015 e assinados em 2016, dos quais os Estados Unidos se retiraram recentemente.

O papel crucial das ONGs

Neste envolvimento progressivo de governos, instituições e empresas na causas solidárias, há um ator que tem desempenhado um papel de liderança: as ONGs. Inicialmente, essas organizações chegam onde as políticas governamentais não alcançam, mas sua tarefa é, se possível, mais importante quando se trata de divulgar situações ou de conscientizar as sociedades sobre a necessidade de agir diante de injustiças. Como vimos na quarta edição do concurso Publicação Solidária, elas enfrentam situações desanimadoras e seu papel é agora mais importante do que nunca.

| , , , , , , ,