Mussa António, aluno moçambicano bolsista pela FUNIBER: “A FUNIBER á uma instituição de prestígio internacional”

Mussa António, aluno moçambicano bolsista pela FUNIBER: “A FUNIBER á uma instituição de prestígio internacional”

Opiniões dos alunos, Opinioes Funiber

Mussa Basílio Cardoso António é um aluno moçambicano que cursou, com bolsa de estudo pela FUNIBER, o Mestrado em Direção Estratégica em Tecnologias da informação, titulado pela Universidad Europea del Atlántico (UNEATLANTICO). Este aluno da região de Quelimane avalia muito positivamente a reputação da FUNIBER e, após um período de adaptação, ficou muito satisfeito com o Mestrado e com a Fundação.

Como você ficou sabendo da FUNIBER e da atividade da Fundação?

Conheci a FUNIBER por um familiar, que cursou os estudos patrocinados pela Fundação e concluiu muito satisfeito.

O que fez você decidir pela FUNIBER?

O prestígio internacional da Fundação foi fundamental. É uma instituição reconhecida em todo o mundo e com uma boa reputação.

Como foi sua experiência com a Fundação? Sentiu-se apoiado e recebeu suporte em seus estudos?

Minha experiência com a FUNIBER foi muito positiva, me senti apoiado em todos os momentos, além do pessoal da Fundação em Moçambique serem muito atenciosos.

Como foi a experiência de estudar a distância? Quais as vantagens e as desvantagens desse sistema? Foi difícil concluir seus estudos?

Estudar a distância foi um desafio muito interessante; inicialmente tive muitas dificuldades, mas fui me adaptando aos poucos e me familiarizando com a plataforma. Uma vez finalizado o processo de adaptação, é necessário apenas manter um certo nível de disciplina e não se torna difícil acabar os estudos.

A formação e os professores atenderam às suas expectativas?

Sim, os conteúdos do Mestrado são de alto nível e muito atualizados. Os professores são excelentes; são pessoas muito preparadas e com muita experiência.

O que você destacaria da sua experiência cursando os estudos patrocinados pela FUNIBER?

O que mais destaco são os conteúdos do Mestrado, visto que são de alto nível e que me permitiram aprender muito sobre as TIC.

Você tem conseguido aplicar os conhecimentos adquiridos com a formação patrocinada pela FUNIBER?

Sim, estou conseguindo aplicar tudo o que aprendi em minha vida profissional e, até mesmo, assessorar alguns companheiros.

Você espera que a formação obtida pela FUNIBER lhe abra novos horizontes profissionais? Quais?

Sim, tenho certeza de que esse Mestrado me abrirá muitas portas, como já tem feito.

É necessário apenas manter os olhos abertos e a mesma atitude proativa que desenvolvi cursando o Mestrado.

Você recomendaria os programas patrocinados pela FUNIBER para algum amigo ou familiar?

Sim, sem dúvida, é algo que tenho recomendado e continuo recomendando ativamente e, atualmente, três amigos meus estão estudando formações patrocinadas pela FUNIBER.

 

 

| , , , , , , , , , , ,

Entrevista de Yeimer Sanclemente, ganhador do concurso FuniMundial 2018

Entrevista de Yeimer Sanclemente, ganhador do concurso FuniMundial 2018

Funi-concursos, Funimundial

Yeimer Andrés Sanclemente Agualimpia é o recente ganhador do concurso FuniMundial 2018 da FUNIBER, graças ao seu incrível trabalho “Futebolistas, livros e educação Virtual”. O aluno de Medelim (Colômbia) é um dos primeiros estudantes do novo Doutorado em Atividade Física e Esporte patrocinado pela FUNIBER desde a última primavera, titulada pela Universidad Internacional Iberoamericana de México (UNINI-MX).

O prêmio por ter ganho o FuniMundial 2018 da FUNIBER foi um Tablet e uma bolsa de estudos de 80% para estudar em um programa de mestrado patrocinado pela FUNIBER.

Como soube do concurso?

Conheci o concurso pela página da FUNIBER e no Campus Virtual do Doutorado em Atividade Física e Esporte, onde a coordenadora, a Dra. María Martín García, convidou todos os alunos do doutorado para participar.

Por quê decidiu participar do concurso?

Gostei das características do concurso e me motivei em colocar à prova meus conhecimentos, era um belo desafio. Podia analisar o Mundial por outra perspectiva e falar de um tema que me interessava e que, frequentemente, passava despercebido, que era a educação dos futebolistas e suas possibilidades para cursas o ensino superior.

Como você promoveu seu texto nas semifinais e na final?

Comuniquei aos familiares e amigos que lessem meu texto e que compartilhassem se gostassem. Alguns de meus amigos são treinadores de futebol e isso me permitiu chegar a um grande número de esportistas que acharam o texto interessante.

O quê você destacaria sobre o concurso?

O melhor foi o intercâmbio acadêmico e cultural entre os participantes, foi muito enriquecedor conhecer todas as propostas e pontos de vista dos participantes. O FuniMundial 2018 me ensinou a forma de aplicar os conhecimentos de forma lúdica sem perder o rigor acadêmico.

Como você avalia sua experiência fazendo parte do FuniMundial 2018?

Foi uma experiência fantástica, já que me permitiu adquirir conhecimento e aprender enquanto me divertia. Consegui um crescimento pessoal muito interessante e significativo e pude conhecer pessoas de outros países e estreitar vínculos com trabalhos acadêmicos.

Você acredita que participará dos próximos concursos?

Possivelmente, voltarei. Quero conhecer as características de outros concursos da FUNIBER para poder aplicar o conhecimento adquirido nos cursos patrocinados pela Fundação.

O que levou a elaborar o trabalho “Futebolistas, livros e educação virtual“?

Tenho um irmão pequeno que é futebolista de alto nível que conseguiu ingressar na universidade para estudar Administração de Empresas, mas teve que deixar os estudos por causas das constantes viagens relacionadas ao esporte. Após dois anos sem estudar, decidiu estudar on-line para tentar combinar seus sonhos esportivos com uma formação acadêmica sólida. Sua história me inspirou para elaborar o trabalho do qual participei no FuniMundial 2018 da FUNIBER.

Algum comentário ou mensagem para seus companheiros da fase final e para a comunidade da FUNIBER?

Quero expressar meu profundo respeito e admiração por ambas finalistas. Li seus trabalhos e me fascinaram. Eram documentos de alta qualidade e que tinham visões muito interessantes. Também, quero agradecer o apoio da comunidade da FUNIBER, tenho muita sorte pelo crescimento pessoal que passei desde que iniciei os estudos patrocinados pela Fundação.

| , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Walter continuou formando-se ao longo da sua carreira, e que vai continuar a crescer é o que o levou a estudar o Mestrado em Gestão Estratégica em Tecnologia da Informação, que patrocina FUNIBER

Opinião de Walter Franco, aluno equatoriano premiado pela FUNIBER

Opiniões dos alunos, Opinioes Funiber

Walter Francisco Franco Varas é professor universitário e jornalista cultural da cidade de Guayaquil, no Equador. Walter continuou formando-se ao longo da sua carreira, e que vai continuar a crescer é o que o levou a estudar o Mestrado em Gestão Estratégica em Tecnologia da Informação, que patrocina FUNIBER. Este jornalista equatoriano estava muito satisfeito com a experiência e gostava de trabalhar com estudantes de todo o mundo.

Como você ficou sabendo da FUNIBER e da atividade da Fundação?

A primeira vez que ouvi falar da FUNIBER foi em 2014, quando buscava mestrados para continuar seus estudos depois de terminar a licenciatura em Ciências da Comunicação, mas depois optei por outro Mestre. Era um par de anos mais tarde, quando eu assisti a uma conferência em Guayaquil Dr. Santiago Tejedor organizado pela FUNIBER, eu tenho informações detalhadas sobre os programas que os patrocinadores da Fundação e decidi por um deles.

O que fez você optar pela FUNIBER?

As facilidades do Programa de Bolsas da Fundação, que me permitiu poder escolher entre os dois programas que me interessavam por meu perfil, muito centrado na Comunicação Social, Mestrado em Direção Estratégica em Telecomunicações e Mestrado em Direção Estratégica em Tecnologias da informação, me decantando finalmente pelo segundo. Conhecer o campus virtual com o qual funcionam as formações que a FUNIBER patrocina foi muito interessante. O Mestrado permitiu-se seguir estudando e estar mais perto de cursar um doutorado que me permita também exercer como docente universitário, além de continuar como jornalista.

Como foi sua experiência com a Fundação? Sentiu-se apoiado em seus estudos?

A experiência foi perfeita desde todos os pontos de vista; acadêmico, pessoal, profissional, social e humano. O pessoal administrativo da FUNIBER o Equador foi muito amável em todo momento, e também tive uma excelente experiência com o pessoal das duas universidades que titulam o Mestrado; Universidade Internacional Iberoamericana do México (UNINI México) e Universidad Europea del Atlántico (UNEATLANTICO). O apoio da FUNIBER e dos diferentes docentes das universidades foi constante, em nenhum momento me encontrei desamparado ou abandonado.

Como foi a experiência de estudar a distância? Quais vantagens e desvantagens tem este sistema? Foi difícil poder finalizar seus estudos?

Estudar a distância não foi complicado já que tinha uma experiência anterior e muito recente. Às vezes era para mim um problema poder reunir a formação com minha atividade profissional, já que me custou organizar tudo, mas pude superar esses momentos com facilidade graças à vontade que tinha e também às possibilidades que me oferecia a tecnologia da FUNIBER.

A grande vantagem que têm estes estudos é a flexibilidade no referente ao tempo que se pode dedicar à aprendizagem, e não só a memorizar com pressão para esquecê-lo posteriormente. Com o Mestrado pude aprender e aplicar os conhecimentos de maneira mais efetiva e, além disso, tive acesso a diversas materiais na biblioteca digital. A única desvantagem que encontrei foi que, algumas vezes, demorei para solucionar minhas dúvidas, já que não tinha contato direto pessoal com os docentes ou com a FUNIBER.

Para mim não foi difícil concluir os estudos, nisso parte foi graças à ajuda do pessoal docente que me ajudou no Projeto Final do Mestrado.

A formação que cursou e seu quadro de professores atenderam às suas expectativas?

Foi satisfeita. A organização foi excelente e oferecia respaldo em todo momento. O professorado foi excelente, e eu adorei que meus companheiros fossem de todo o mundo, isso fez que a interação fora muito enriquecedora.

O que você destacaria sobre sua experiência estudando os estudos patrocinados pela FUNIBER?

Os fóruns e exercícios para os quais a aprendizagem colaborativa assumiu um papel essencial me pareceram muito úteis. Também acredito que certos programas tenham práticas presenciais supervisionadas.

Você foi capaz de aplicar os conhecimentos adquiridos com o treinamento patrocinado pela FUNIBER?

Naturalmente, todos os dias na universidade onde trabalho como professora, tenho podido aconselhar muito mais os alunos sobre o uso acadêmico das tecnologias.

Você espera que a formação obtida por meio da FUNIBER abra novos horizontes profissionais? Quais?

Sim, espero que me ajude a trabalhar mais nas áreas de publicidade e marketing, tenho muito interesse. Pelo meu trabalho na universidade, como eu disse, o aprendizado adquirido em novas tecnologias foi fundamental. Mas eu tenho que acrescentar que nada aprendido é supérfluo, e eu tenho usado o conhecimento em meu trabalho como editor freelancer de questões culturais no meu país.

Você recomendaria estudar os programas patrocinados pela FUNIBER para um amigo ou parente?

Sim, claro que eu recomendaria, acredito que a aprendizagem on-line combinada com a aplicação profissional dos conteúdos estudados é a melhor maneira de aprender.

| , , , , , , , , , , , , , , ,