Dick Octavio Oros, segundo classificado do concurso Olimpíadas FUNIBER

Dick Octavio Oros, segundo classificado do concurso Olimpíadas FUNIBER

Olimpíadas Funiber

Dick Octavio Oros, segundo classificado do concurso Olimpíadas FUNIBER, opina sobre sua experiência com o concurso e como conseguiu alcançar a segunda posição final

O ex-aluno, bolsista pela FUNIBER, natural de Oruro (Bolívia), alcançou a segunda posição final no quadro de medalhas do concurso Olimpíadas FUNIBER com seu trabalho intitulado “Política e Dignidade: Phelps e Bolt no inferno”.

Dick Octavio conseguiu mais de 1.700 votos na semifinal do concurso, que lhe permitiram classificá-lo entre os três melhores trabalhos. Uma vez na grande final, o estudante boliviano alcançou 736 votos da comunidade da FUNIBER que lhe permitiram alcançar a segunda posição no ranking das Olimpíadas FUNIBER.

O ex-aluno da Bolívia é graduado em Ciências Jurídicas e Políticas pela Universidade Mayor San Simón e graduado em Filosofias e Letras pela Universidade Católica Boliviana. Também, tem o Mestrado em Resolução de Conflitos e Mediação patrocinado pela FUNIBER, com dupla titulação pela Universidad Europea del Atlántico (UNEATLANTICO) e pela Universidad Internacional Iberoamericana (UNINI).

Atualmente é Diretor e Conciliador no Centro Eris, companhia especializada em gestão e resolução de conflitos. Além disso, é Docente na Universidade Aquino de Bolívia (UDABOL).

Conversamos com o segundo classificado do concurso Olimpíadas FUNIBER para conhecer sua experiência com o concurso:

Como você conheceu o concurso Olimpíadas FUNIBER?

Chegou o convite pelo meu e-mail pessoal.

Por que você decidiu participar no concurso?

Eu encontrei um interessante espaço para refletir, academicamente e profissionalmente, sobre um assunto conjuntural.

Uma vez selecionado entre os 10 semifinalistas, como promoveu seu trabalho para conseguir mais votos e passar para a fase final?

Minha família, mensagens pessoais em redes sociais e a difusão por pessoas de influência na Bolívia: Carlos Valverde, Gonzalo Chávez e a Agência de Notícias Fides. No total, obtemos 1.700 votos.

O que fez para conseguir os votos na fase final das Olimpíadas FUNIBER?

Enviei mensagens pessoais via Facebook.

Quais benefícios você conseguiu por participar do concurso?

Prestígio e enriquecimento no meu currículo.

O que foi o melhor das Olimpíadas FUNIBER?

A visão crítica e de forte força social e acadêmica sobre um acontecimento tão relevante e midiático.

Você vai participar nos próximos concursos da FUNIBER?

Dependerão dos objetivos do concurso, da proposta, do tema e do impacto social.

Como foi sua experiência em estudar com a FUNIBER no Mestrado em Resolução de Conflitos e Mediação?

Muito enriquecedora e altamente produtiva (academicamente falando). O conteúdo foi muito adequado para a aplicação profissional. O respeito aos ritmos pessoais e o acompanhamento personalizado me permitiram fazer o curso com toda a dimensão da palavra, e a interação com colegas de diferentes nacionalidades concretizou-se em uma consciência humanista, social, cultural e histórica. Estou muito agradecido pelo crescimento!

Jikisinkamakullakanaca, jikisinkamajilatanaka!

(Em aymara: Até o próximo evento, irmãs, até o próximo evento, irmãos!)

Links relacionados:

| , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Aluno do Peru publica “Manual de Conciliação Extrajudicial”

Aluno do Peru publica “Manual de Conciliação Extrajudicial”

Notícias

Freddy Ortiz, aluno peruano bolsista da FUNIBER do Mestrado em Resolução de Conflitos e Mediação, publica o “Manual de Conciliação Extrajudicial”

Freddy, natural de Huancayo (Peru), é Graduado em Direito e Administração pela Universidade Nacional Maior de São Marco (Peru) e pela Universidade de Ricardo Palma (Peru), respectivamente. Também, tem o Mestrado em Relações Internacionais pela Universidade Simão Bolívar (Equador) e o Mestrado em Responsabilidade Social Corporativa pela Universidade Pontifícia de Salamanca (Espanha). Ainda, também tem a Especialização em Resolução de Conflitos e Cultura da Paz pela Universidade de Uppsala (Suécia).

O estudante do Peru é Docente na Universidade Nacional Maior de São Marcos e colaborou com a Escola Complutense Latino-americana organizada pela Universidade Complutense de Madri (Espanha). Por outro lado, também é capacitador de conciliação do Ministério da Justiça e Diretos Humanos do Peru.

Atualmente, Freddy encontra-se estudando o Mestrado em Resolução de Conflitos e Mediação patrocinado pela FUNIBER, com dupla titulação pela Universidade Científica do Sul (UCSUR) e pela Universidade Internacional Iberoamericana (UNINI).

Recentemente, o especialista em Conciliação e Resolução de Conflitos publicou o “Manual de Conciliação Extrajudicial”.

O que significa para você ter publicado o livro “Manual de Conciliação Extrajudicial”?

Por um lado, significa uma nova etapa da pesquisa desenvolvida para difundir entre as novas gerações o estudo da conciliação, e, por outro lado, é o 6º texto que publico, o 4º sobre conciliação extrajudicial.

Representa consolidar melhor o saber e traduzi-lo em um texto profundo, mas também dinâmico e de leitura simples sobre o sistema de Conciliação (conhecido como Mediação em outros países da América Latina). Destacando, segundo minhas pesquisas iniciais, as raízes andinas da conciliação da época do Império Inca até o presente.

Como os conhecimentos adquiridos com o Mestrado em Resolução de Conflitos e Mediação da FUNIBER colaboraram para publicar este livro e para futuros projetos?

Considero que os estudos de Mestrado são muito valiosos, pois complementaram meus conhecimentos em algumas áreas da Resolução de Conflitos e Mediação/Conciliação que desejo aprofundar, e com certeza me ajudaram no desenvolvimento de uma nova obra que publicarei sobre Direito Familiar e Conciliação neste ano de 2016.

Por que você decidiu cursar o Mestrado em Resolução de Conflitos e Mediação?

Decidir cursar o Mestrado porque sempre procuro me atualizar permanentemente e vi na proposta da FUNIBER um vínculo ao campo da prevenção e resolução de conflitos.

Algo que me interessou imensamente é o programa curricular e a qualidade dos docentes, como Ramón Alzate, que conheço há muito tempo, um grande amigo docente e pesquisador de primeira linha. Com quem, inclusive, compartilhei uma cátedra na Escola Complutense Latino-americana, desenvolvida na Universidade de São Marcos, onde lecionava no curso de Técnicas de Negociação e Estratégias de Defesa em 2014.

O que você mais gostou do Mestrado? O que destacaria?

A qualidade de seus conteúdos e o programa acadêmico, assim como a forma bastante profunda de suas leituras e estritas formas de avaliação, que são um desafio e fazem um Mestrado de primeiro nível.

O que você opina sobre os professores do Mestrado? E sobre o programa de estudos?

Me parece que os profissionais desenvolveram e desenvolvem um excelente trabalho acadêmico e de assessoria. Os materiais demonstram esta profundidade em seus conhecimentos. Os conteúdos estão excelentemente elaborados e adéquam-se aos dados mais atuais vinculados à matéria de estudo.

Como você está aplicando os conhecimentos adquiridos com a FUNIBER em seu âmbito profissional?

Aplico-os precisamente como docente capacitador em Conciliação Extrajudicial adequando à nossa realidade muitas das teorias e conteúdos curriculares vinculados ao ensino que devo realizar aqui no Peru.

Links relacionados:

| , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Opinião de Dick Octavio Oros, aluno do Mestrado em Resolução de Conflitos e Mediação da FUNIBER

Opinião de Dick Octavio Oros, aluno do Mestrado em Resolução de Conflitos e Mediação da FUNIBER

Opiniões dos alunos

Dick Octavio Oros, aluno da Bolívia bolsista da FUNIBER do Mestrado em Resolução de Conflitos e Mediação, opina sobre sua experiência estudando a distância

Dick Octavio, natural de Oruro (Bolívia), é Graduado em Ciências Jurídicas e Políticas pela Universidade Maior de San Simón. Também, tem o Mestrado em Resolução de Conflitos e Mediação patrocinado pela FUNIBER, com dupla titulação pela Universidad Internacional Iberoamericana (UNINI) e pela Universidad Europea del Atlántico (UNEATLANTICO). Além disso, o aluno boliviano está cursando o Doutorado em Educação Superior pela Universidade Francisco Xavier de Chuquisaca.

Atualmente, Dick Octavio trabalha como Docente em negociação, mediação, conciliação e arbitragem na Universidade De Aquino Bolívia (UDABOL). Do mesmo modo, Dick Octavio é Diretor do Centro Eris, companhia especializada em gestão e resolução de conflitos.

Estudar a distância um Mestrado em Resolução de Conflitos e Mediação

Conversamos com o Docente universitário para que explique como foi sua experiência estudando a distância o Mestrado em Resolução de Conflitos e Mediação patrocinado pela FUNIBER, o que opina sobre o programa de estudos do Mestrado, o que mais gostou, bem como porque recomendaria cursar algum dos programas de Especialização patrocinados pela FUNIBER, entro outros muitos aspectos.

Quer conhecer as opiniões do estudante da Bolívia?

Descubra no seguinte vídeo:

Links relacionados:

| , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,