Opinião de Verônica Inés Martins, aluna bolsista do Mestrado em Gestão e Auditorias Ambientais

Opinião de Verônica Inés Martins, aluna bolsista do Mestrado em Gestão e Auditorias Ambientais

Opiniões dos alunos

Verónica Inés Martins, nasceu em Buenos Aires (Argentina), é aluna do Mestrado em Gestão e Auditorias Ambientais com titulação pela Universidad Europea del Atlántico (UNEATLANTICO) e pela Universidad Internacional Iberoamericana (UNINI PR), que formam parte da Red Universitaria em que a FUNIBER colabora.

Conversamos com a aluna argentina para conhecer a sua experiência estudando a distância:

Você poderia nos falar um pouco sobre a sua trajetória profissional?

Sou Graduada em Geografia pela Universidade Nacional de Mar del Plata (Argentina). Tenho Mestrado em Gestão Ambiental de Desenvolvimento Urbano (GADU) pela Universidade Nacional de Mar del Plata; e finalizei o Mestrado em Gestão e Auditorias Ambientais com orientação à Gestão Integral de Resíduos Sólidos Urbanos e Remediação Ambiental patrocinado pela FUNIBER.

Trabalhei como docente na Universidade Nacional de Mar del Plata; e na administração pública como Diretora de Resíduos sólidos e meio ambiente (EGIRABAL) e de gestão ambiental na Municipalidade de Balcarce. Durante este trabalho, fui responsável pelo projeto e implementação do programa GIRSU e de Educação Ambiental; da realização de estudos de impacto ambiental para empreendimentos municipais; e da execução de tarefas de fiscalização ambiental por meio do Organismo Provincial para o Desenvolvimento Sustentável da Província de Buenos Aires (OPDS); entre outras tarefas.

Atualmente, dedico a docência; e sou assessora independente em questões relacionadas com a gestão ambiental e a gestão integral de resíduos.

Por que você decidiu cursar o Mestrado em Gestão e Auditorias Ambientais patrocinado pela FUNIBER?

Decidi estudar o Mestrado em Gestão e Auditorias Ambientais porque considerei que era necessário continuar me preparando para obter melhores resultados, tanto a nível profissional como pessoal. Por meio do Mestrado pude continuar com a minha formação na área de gestão ambiental; e adquirir novos conhecimentos e habilidades para a implementação de auditorias ambientais; ao mesmo tempo que me especializava em Gestão de Resíduos e Recuperação dos solos poluídos. Graças à flexibilidade dos horários do programa a distância, pude organizar o meu tempo pessoal, respeitando minha vida familiar e as obrigações profissionais.

O que você mais gostou do Mestrado? O que destacaria?

Destaco, em primeiro lugar, os conteúdos do Mestrado; e, em segundo lugar, o campus virtual que é de fácil gestão e com a visualização imediata de suas ferramentas. O campus virtual permite organizar o tempo; combinar materiais para a autoaprendizagem por meio das aulas virtuais, os vídeos, os exercícios de autoavaliação e os grupos de trabalho; assim como, gerar iniciativas de pesquisa adicional para enriquecer os conteúdos.

O que você achou dos professores do Mestrado? E do programa de estudos?

Os professores do Mestrado mostram seriedade e competência acadêmica; e são muito bons como pessoas. Tenho que destacar o profissionalismo, assessoramento e acompanhamento constante de meu orientador de tese, o Dr.  Erik Simões. O programa de estudos está muito bem planejado e estruturado; os conteúdos das matérias a serem cursados estão atualizados e de acordo com as temáticas abordadas; além disso, estão acompanhados de exercícios de aplicação prática.

Como Graduada em Geografia, qual foi a contribuição do Mestrado em Gestão e Auditorias Ambientais patrocinado pela FUNIBER?

Como Graduada em Geografia, o Mestrado em Gestão e Auditorias Ambientais, trouxe-me ferramentas vinculadas à elaboração e administração de projetos e sistemas de gestão ambiental; assim como de diagnóstico e avaliação de impacto ambiental no âmbito local, tanto na esfera pública como na privada.

Como está aplicando os conhecimentos aprendidos em seu dia a dia profissional?

Os conhecimentos aprendidos não somente fui aplicando quando desenvolvi funções no setor público, responsáveis pela área de Meio Ambiente e Resíduos; mas também atualmente por meio em minhas tarefas de docência e como consultora independente, assessorando na temática ambiental.

Depois de concluído o Mestrado em Gestão e Auditorias Ambientais, você começou a Especialização em Aplicação das Energias Renováveis patrocinada pela FUNIBER. Por que você decidiu complementar seus estudos com esta Especialização?

Eu disse complementar meus estudos com a Especialização em Aplicação das Energias Renováveis patrocinada pela FUNIBER devido à necessidade de me capacitar com relação a esta temática, não apenas por interesse pessoal, mas também porque estou começando a trabalhar em um projeto de energias alternativas de forma particular.

O que você diria às pessoas que estão planejando estudar a distância por meio da FUNIBER?

Recomendo a outras pessoas que estudem na FUNIBER e que se animem em estudar sob a modalidade a distância, com todas as vantagens que isso envolve; mas, do mesmo modo, porque receberão um ensino personalizado e atualizado.

Links relacionados:

| , , , , ,

Aluna do Mestrado em Direção Estratégica bolsista FUNIBER realiza estágio em Barcelona

Aluna do Mestrado em Direção Estratégica bolsista FUNIBER realiza estágio em Barcelona

Opiniões dos alunos

Durante sua estadia em Barcelona (Espanha), conversamos com Gisella Almirón, aluna da Argentina bolsista FUNIBER do Mestrado em Direção Estratégica, com Especialização em Gerência, sobre sua experiência estudando a distância e sobre o estágio no Hotel Porta Fira Barcelona, facilitadas pela Fundação

Gisella Almirón, natural de Córdoba (Argentina), é Graduada em Turismo pela Universidad Blas Pascal de Córdoba (Argentina). A estudante possui também Mestrado em Direção Estratégica patrocinado pela FUNIBER, com dupla titulação pela Universidad Europea del Atlántico (UNEATLANTICO) e pela Universidad Internacional Iberoamericana (UNINI).

Experiência de estudos a distância e profissionais

Gisella realizou seu estágio profissional no Hotel Porta Fira de Barcelona, uma das mais importantes cidades da Europa para fazer negócios e criar empresas, além de ser um polo de atração para o turismo internacional e o empreendedorismo local e estrangeiro.

A aluna argentina considera este estágio profissional como fundamental para adquirir experiência para concluir sua formação acadêmica, e inclusive como suplemento curricular para o seu futuro desenvolvimento profissional.

Durante a realização do seu estágio no Hotel Porta Fira de Barcelona, aproveitamos para conversar com a aluna sobre sua experiência cursando a modalidade a distância do Mestrado em Direção Estratégica. Na entrevista realizada nas instalações do Hotel, Gisella compartilhou sua opinião sobre o programa de estudos do Mestrado, sua relação com os professores e tutores, a aplicação dos conhecimentos aprendidos no dia a dia profissional e os motivos pelos quais recomendaria cursar Especializações, Mestrados e Doutorados patrocinados pela FUNIBER e titulados pela Rede Universitária na qual é colaboradora.

Aproveitamos para conversar também sobre sua experiência de estágio profissional; assim como a aplicação dos conhecimentos adquiridos durante sua estadia no Hotel Porta Fira de Barcelona.

Conheça a opinião da aluna argentina sobre a formação a distância, assim como sua experiência no estágio, no vídeo a seguir:

Links relacionados:

| , , , , , , , , , ,

Opinião de Magalí Villafañe, aluna do Mestrado em Desenho, Gestão e Direção de Projetos de Cooperação Internacional patrocinado pela FUNIBER

Opinião de Magalí Villafañe, aluna do Mestrado em Desenho, Gestão e Direção de Projetos de Cooperação Internacional patrocinado pela FUNIBER

Opiniões dos alunos

Magalí Villafañe, aluna da Argentina, bolsista pela FUNIBER do Mestrado em Desenho, Gestão e Direção de Projetos de Cooperação Internacional, fala sobre a sua experiência estudando a distância por meio da FUNIBER

Magalí, natural de Salta (Argentina), é Graduada em Relações Internacionais pela Universidade Empresarial Século 21 (Argentina). Também é formada em Cooperação Internacional em Desenvolvimento pelo Centro Internacional de Estudos Interdisciplinares (Peru).

Além disso, tem o Mestrado em Desenho, Gestão e Direção de Projetos de Cooperação Internacional, patrocinado pela FUNIBER, com titulação pela Universidad Internacional Iberoamericana (UNINI).

Atualmente, trabalha como Assistente de Direção de Programas e Projetos da Organização de Estados Iberoamericanos (OEI), na República Dominicana; também colabora com a Fundação Abriendo Camino, em seus programas sabatinos e na formulação de projetos.

Conversamos com Magalí para que explique como foi a sua experiência estudando a distância e com tem aplicado os conhecimentos aprendidos em seu dia a dia profissional:

Por que você decidiu cursar o Mestrado em Desenho, Gestão e Direção de Projetos de Cooperação Internacional patrocinado pela FUNIBER?

Quando terminei a graduação, decidi fazer um ano de estágio no exterior. Quando cheguei à República Dominicana para realizar o estágio em uma ONG, percebi a necessidade de aprender a formular projetos de vários tipos, pois tive que trabalhar com um, logo no começo do estágio. Então, decidi me formar mais nesta área, entre as opções mais viáveis, estava o Mestrado por meio da FUNIBER, da qual fui bolsista, facilitando as minhas possibilidades de realização.

Durante a carreira, vi algumas matérias relacionadas com o mestrado em que um dos meus focos de interesse estava relacionado com projetos de cooperação internacional. Assim ao ter a possibilidade de realizar o meu estágio em dois lugares diferentes, mas ambos na direção de projetos, notei de que necessitava das ferramentas específicas na área para melhor me desenvolver e com maior confiança.

O que você mais gostou do Mestrado? O que destacaria?

Por ser um Mestrado na modalidade a distância, que representa um maior desafio, pois cada um o leva a seu tempo, mas tratando de cumprir com os requisitos. O que mais destaco é a interação com pessoas de diferentes países no momento de trabalhar na fase de projeto. Isto me permitiu conhecer o trabalho de cada uma delas e a forma em que aplicavam os conhecimentos que foram sendo adquiridos durante o curso. O trabalho em equipe permitiu-me reconhecer diferentes questões sobre um mesmo tema e as diferentes metodologias que são aplicadas em outros países latino-americanos.

Qual a sua opinião sobre os professores do Mestrado? E do programa de estudos?

Considero que foram ótimos; sempre que apareceu alguma dúvida, eles deram respostas favoráveis facilitando o entendimento das disciplinas cursadas. Com relação ao programa de estudo, entendo que as disciplinas foram suficientes, embora considere que algumas delas devam ser atualizadas.

Como Graduada em Relações Internacionais, em que o Mestrado em Desenho, Gestão e Direção de Projetos de Cooperação Internacional, patrocinado pela FUNIBER, trouxe para você? 

O Mestrado permitiu que eu me centrasse em uma das tantas questões trazidas durante a Graduação. A cooperação internacional é algo que atrativo, de modo que hoje me permite atuar com mais facilidade, dando apoio na direção de projetos, o desenho e o acompanhamento dos mesmos.

Como Assistente de Projetos na Organização de Estados Iberoamericanos (OEI), como está aplicando os conhecimentos aprendidos em seu dia a dia profissional?

Ao trabalhar diretamente na área de projetos, aprendi muito e, ao mesmo tempo, foi mais fácil colaborar na preparação dos mesmos, como no acompanhamento destes aplicando as diferentes abordagens e metodologias aprendidas, enquadrados nas diretrizes do organismo iberoamericano.

O que você diria às pessoas que estão planejando estudar a distância pela FUNIBER?

Considero que é uma grande possibilidade estudar a distância, pois permite a administração do tempo de estudo com maior flexibilidade de acordo com a situação de cada um. Entretanto, também, acredito que representa um grande desafio porque depende da vontade de cada um avançar nas matérias e aprender de cada uma delas.

Links relacionados:

| , , , , , , , , , , , ,