Entrevista com Ana Elisa Martínez, terceira classificada do IV Concurso Publicação Solidária

Entrevista com Ana Elisa Martínez, terceira classificada do IV Concurso Publicação Solidária de FUNIBER

Ana Elisa Martínez é estudante guatemalteca, bolsista pela FUNIBER, ela cursou a Especialização em Habilidades Diretivas e atualmente está cursando o Mestrado em Resolução de Conflitos e Mediação, ambas as formações com titulação pela Universidad Europea del Atlántico (UNEATLANTICO). Ana Elisa fou terceira classificada do IV Concurso Publicação Solidária.

Ana Elisa chegou perto dos dois primeiros prêmios com seu emocionante texto La vida puede ser bella, que falava da atividade da ONG Asociação La Alianza, que ajuda a jovens e crianças vítimas de abusos e maus tratos, sejam físicos ou emocionais.

Conversamos com a finalista da IV Publicação Solidária para saber como foi a sua experiência no concurso.

Como conheceu o concurso?

Eu vi um anúncio no portal da FUNIBER.

Por que você decidiu participar do concurso?

Para poder ajudar os menores da Guatemala, tornando público o trabalho realizado pela Associação La Alianza.

Como você promoveu seu texto nas semifinais e na final?

Por meio das redes sociais, também procurei o apoio de amigas e familiares, claro.

O que destacaria do concurso?

A oportunidade de apoiar a ONG e tornar público o trabalho realizado para ajudar pessoas desfavorecidas.

Como você avalia sua experiência participando do IV Concurso Publicação Solidária?

Muito positivamente, já que me permitiu divulgar a ONG que eu gostaria de apoiar.

Você acha que participará de próximos concursos?

Possivelmente eu voltaria a participar de algum concurso, mas depende do tipo de concurso e do que terei que fazer. Quando se tratava de apenas conseguir votos, já era uma dinâmica complexa e competitiva em algo, assim, não voltaria a participar.

Como soube das atividades da ONG Associação La Alianza? Por que você decidiu envolver-se nelas?

Faz mais de um ano que colaboro com a Associação La Alianza da Guatemala como voluntária. Comecei porque me pareceu um trabalho maravilhoso o que realizavam menores que tinham sido vítimas de abuso sexual.

A ONG trabalha em quatro frentes que têm relação entre eles; proteção, prevenção, apoio e acompanhamento legal e incidência. Tudo isso para poder oferecer aos menores um melhor desenvolvimento e garantir seu bem-estar, para conseguir a melhor transição possível à vida adulta.

Como você avalia ter podido divulgar as atividades da ONG Associação La Alianza?

É algo muito especial ter podido divulgar suas atividades, pois talvez assim possamos ajudar a alguém que não sabia da existência da Associação. Espero que lhes tenha podido fazer chegar um pouco de esperança. Também é importante o mero trabalho informativo para chegar a quem não tem sofrido este problema, pois é importante sensibilizar à população geral.

Algum comentário ou mensagem para suas colegas da fase final e para a comunidade da FUNIBER?

Quero agradecer à FUNIBER esta oportunidade de fazer algo tão bom. Quero parabenizar às finalistas e semifinalistas pelo maravilhoso trabalho social que elas realizam.

Links relacionados: